Alegria sempre em nossos corações . . . Muita Paz Saúde Luz e Amor .... Alegria sempre em nossos corações  Muita Paz Saúde Luz e Amor

terça-feira, 19 de julho de 2011

Não há vítimas no Reino de Deus. Há devedores em plena colheita de suas faltas
























Vidência: Vejo uma assembleia presidida por um Ser de Luz. São muitos a ouvi-lo. 


Parecem encarnados, levados durante o sono.



Amigos



Que a paz de Jesus seja nosso baluarte!


As energias da psicosfera terrena agitam-se em ondas de magnetismo deletério, como podeis sentir. Às perturbações impostas pelas sociedades humanas, ao frágil equilíbrio dinâmico do Planeta, somam-se aos já abundantes desequilíbrios provocados pela emissão de pensamentos e materialização dos sentimentos inferiores.



A cada vez que um humano sintoniza com as "forças inferiores" agrega sua energia no fortalecimento das ondas negativas; por outro lado, quando se une em vibrações de amor às 


Forças da Luz, agrega maiores forças as energias amorosas que circundam o Orbe.



Irrigando o corpo da Terra há canais de circulação de fluidos magnéticos de amor, bondade, misericórdia e compaixão. São pequeninos, de dimensões capilares, mas permitem a circulação ininterrupta das energias que mantém pulsando a vida do Planeta.



A energia vital é originada pelo "Sopro Criador", mas cresce e robustece na medida em que outras mentes unem-se a ela em vibrações de luz e paz.



Vidência: Vejo o globo terrestre e alguns pontos iluminados que reconheço como chacras, rapidamente destes chacras planetários partem os pequeninos canais que se alastram brilhantes, como se fossem pequenos rios de luz a abraçar o Mundo.


Por isso, vimos conclamar a que abandoneis os antigos hábitos negativos voltando vossos influxos energéticos para a "fonte criadora", unindo-vos a ela pela força do amor regenerado.



Abdicai dos atavismos que vos arrastam à desagregação moral, e entrai imediatamente, em sintonia com o Amor de Deus.



Abandonai os vícios que vos cegam.



Rendei-vos às Leis de Deus e procurai com elas harmonizarem-se, dando cumprimento à Vontade Maior.



Vidência: Nesse momento uma jovem que ouvia a preleção levanta-se e pergunta ao Instrutor:

– Senhor, e os erros do passado? Eles pesam demasiado e nos impedem de caminhar noutra direção. São como correntes a prender-nos na inércia do presente.



R – Filha, quebrar a inércia é o primeiro desafio de renovação, pois só a vontade firme e determinada supera todo obstáculo para realizar-se.

Se desejardes progredir e assim determina a Lei, quem vos impedirá, a não ser vós mesma?

Quanto aos erros, Deus nos concede o beneficio do perdão, que tem como primeiro exercício educativo, o reconhecimento humilde de que também erramos, e a generosa caridade de nos perdoarmos, aprendendo desse modo a perdoar o próximo.



Vidência: Um homem se levanta e faz também uma pergunta:

– Mas e os pesadelos? Tenho pesadelos terríveis que me fazem recordar, sem parar, e sofro intermináveis dores, pela culpa que me corrói as entranhas.



R – Irmão, a culpa é sinal de que a consciência desperta, no entanto, ao despertar, aprisiona-se pela inferioridade do sentimento, o que nos fazem sucumbir. Para dominar tais forças é preciso reencontrar Deus, lembrando Sua Perfeição na forma das Leis Imutáveis.



Nenhum mal alcança um ser, sem que este haja merecido. Não há vítimas no Reino de Deus. 


Há devedores em plena colheita de suas faltas.



No entanto, a certeza da lei não vos exime da responsabilidade, pois ao lado da lei está o libre arbítrio que vos concede sempre, a escolha de ação no bem. Assim, vossa culpa não se diminui, porém, torna-se produtiva, pois ganha a oportunidade de reverter o mal em bem, pela força renovadora da fé.



Encerramos assim nossa sessão terapêutica coletiva, desejando a todos uma ótima semana e a certeza de nos reunirmos novamente, para prosseguimento de nossa jornada, em busca da compreensão dos mecanismos determinantes das condições humanas na Terra.



Que Jesus, Médico dos Médicos nos abençoe, deixando-nos na paz do medicamento poderoso do Seu Amor.


Nicanor
– Terminada a preleção, perguntei ao Instrutor que nos acompanhava aonde estávamos, mas quem respondeu foi o palestrante que captou meus pensamentos. Quando ele se manifestou em nossa direção, entrando em sintonia, logo reconheci o espirito de Nicanor e ele respondeu:



R – Essa é uma projeção da Cidade do Grande Coração em vossa Colônia Espiritual destinada à condução de trabalho terapêutico, com grupos de encarnados que ocupam postos de decisão nas mais diversas profissões, em especial, no jornalismo, através do qual as vibrações produzidas pelas reportagens alcançam grande número de irmãos, influenciando-lhes os comportamentos instáveis devido às mentes ainda infantis.

– Agradeci e ele continuou:

Venha ter conosco mais vezes, acompanhando alguns casos, onde poderemos elucidar os caminhos pelos quais a "responsabilidade na expressão da fala", alcança e influencia a condição de vossa psicosfera planetária.

– Certo. Gratíssima pela dádiva do trabalho.

Paz e amor entre nós.


 
Nicanor
GESJ – 01/02/2011 – Vitória, ES – Brasil