Alegria sempre em nossos corações . . . Muita Paz Saúde Luz e Amor .... Alegria sempre em nossos corações  Muita Paz Saúde Luz e Amor

terça-feira, 23 de abril de 2013

O Orbe sofre com as transformações






Irmãos amados

A destinação da Terra decorre da forma como essa Casa Planetária tem sido utilizada por seus habitantes.

Criada com o propósito de abrigar inúmeras espécies, em diferentes fases de evolução, a Terra harmonizou-se com as Leis do Universo, proporcionando a todas as criaturas, relações adequadas às suas necessidades.

Dentre todos os seres aqui albergados para o progresso inadiável, os seres humanos foram aqueles que maiores possibilidades poderiam obter na elevação do conjunto.

Por suas escolhas, alcançariam harmoniosa conduta, a lhes direcionar os passos do futuro. Porém, mais fortes, as densas vibrações dominaram o agir humano.

Mais sutis, as vibrações decorrentes da presença dos irmãos Mensageiros da Luz, lentamente elas foram sendo notadas por alguns seres humanos, que sintonizando-as, tiveram seus passos acelerados na direção do progresso.

A demora na compreensão das Leis de Deus atrasa o progresso e aumenta o tempo que repetimos os erros. A repetição no erro, por sua vez, compromete-nos em rodas cármicas, que são tecidas junto ao carma do próprio Planeta. Ele e nós estamos ligados de forma indissolúvel, até que o tenhamos restituído das forças usurpadas e mal empregadas.

A Providência Divina, que nunca deixou de acompanhar a jornada ascensional dos seres humanos na Terra, determinou que não há mais tempo para repetição de erros cometidos, insistentemente, há milênios.

O Orbe sofre com as transformações a ele impingidas, pelas mentes humanas desequilibradas e com ele sofrem os demais seres, cujo desenvolvimento tem sido prejudicado por tais transformações.

Um Comando Superior detém a marcha insana, e reconduz as forças desviadas, traçando com elas a destinação da Terra. E vós, espíritos milenares, que há séculos reencarnais neste Planeta, usando seus recursos e perturbando-lhe o equilíbrio, sereis reconduzidos a "novas moradas", ajustadas à vossa condição moral e frequência mental.

O Pai não impõe aos seus filhos o progresso, como Lei. Este chega pelo término de uma etapa e o início de outra; portanto, quando a escuridão chegar e vossos olhos nada puderem enxergar, volvei vossos olhares para dentro de vós mesmos; e na tentativa sincera de compreender, em que condição espiritual o exercício reencarnatório vos permitiu chegar. 

Sem desculpas, devaneios ou enganações, buscai as evidências que demonstram tal condição espiritual, e como o jardineiro que poda a árvore para favorecer-lhe o crescimento, e arranca as ervas invasoras protegendo a boa plantação, podai vossos defeitos e arrancai vossas más tendências, restituindo à paisagem interior a integridade que vos inspira a presença do Criador.

O frio e a fome adubarão vosso canteiro de transformações íntimas.

A sede e a dor regarão as sementes de amor a vós distribuídas.

E nos corações férteis germinará a fraternidade, distribuindo os frutos de solidariedade, coragem, bondade, tolerância, perdão e resignação.

Atravessareis assim os cenários desoladores da Terra, devastada pelas chuvas ácidas, precipitadas com auxílio dos Engenheiros Siderais, como forma de descarregar a psicosfera dos gases venenosos, oriundos da combinação de elementos produzidos pela poluição, explosões vulcânicas e solares.

Por onde passardes vereis a hecatombe humana. Compreendereis então o equívoco no caminho escolhido, sendo convidados à prática do amor ao próximo como única opção para um novo caminho a seguir, na reconstrução de vossos destinos.

Somente os que se colocarem na humilde posição de aprendizes da nova condição humana, enxergarão à sua frente o farol a lhes guiar.

É d’Ele que virá a Luz, e irmanados pelos novos ideais recomeçareis a formação de uma nova humanidade, nascida das cinzas desta, velha e falida.

Estará concluído o resgate de vossas almas resistentes ao progresso e sereis convidados a retornar à Terra para coloniza-la conforme orientações superiores.

Um novo lar, para um novo povo, cujo recomeço estará alicerçado: de um lado, pelo aprendizado com os erros que provocaram a sua queda, e do outro, pela Misericórdia Divina a conceder a oportunidade do novo começo.

Reforçando o tripé de sustentação da Terra Renovada, conhecereis a humildade que vos elucidará o real sentido do amor de Deus, e a Verdade imponderável da eternidade.

Somente paz e ventura, alegria e trabalho vos aguardarão, pois tereis avançado na escala dos Mundos de Regeneração.

Que as Forças da Luz iluminem vosso entendimento.

Nostradamus
GESH – 09/03/2013 – Vitória, ES – Brasil