Alegria sempre em nossos corações . . . Muita Paz Saúde Luz e Amor .... Alegria sempre em nossos corações  Muita Paz Saúde Luz e Amor

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Vossas almas anseiam ao progresso



Vidência – Vi Dna Margarida com seu corpo físico desgastado ligado a um espírito jovem e cheio de energia, que puxava o corpo como um fardo pesado.

O cordão de prata estava puído e saía faíscas, como se estivesse sendo rompido.

O Mestre Shama Hare dizia que não dá mais para segurar o espírito que deseja liberdade.
Sinto forte a presença do Mestre Ramatis.

Mensagem:

Discípulos amados.

Não desistais de lutar contra as más tendências da alma.

Não existem conquistas superiores que tenham sido fáceis.

Impedir o avanço da alma aos planos superiores é condena-la ao exílio doloroso, mesmo que seja em planeta nas mesmas condições que a Terra de Expiação.

Vossas almas anseiam ao progresso e à paz; deixai-vos dominar pela Vontade Maior, haurindo forças do céu para quebrar as algemas pesadas que vos mantem presos ao passado de erros.

Libertai-vos filhos, deixando para traz tudo que seja desnecessário à alma que ascende.
Não mais o ódio, mas a prática do amor e do perdão.

Retirai vossa alma da velha vestimenta do passado culposo, trocando-a pela vestimenta adequada ao porvir renovado, em esferas iluminadas.

Mais dias, menos dias, dareis testemunho de vossa fé, ante as duras provas ascensionais; porque para evoluir, deveis expurgar de vós mesmos, as marcas do passado de erros, através da prática do amor, da caridade e do perdão, nas dores físicas e morais, deixando nascer um novo ser, ajustado e em harmonia com as Leis Criadoras da Vida.

O GESJ é o Porto Seguro, onde podereis haurir as energias sustentadoras para as provas finais.

Paz e amor.

Ramatis

GESH – 30/08/2013 – Vitória, ES – Brasil

Vi tatuagens nos corpos astrais



Irmãs, salve a Luz!

A todos os encarnados que acreditam em nossas palavras, pergunto se já entenderam a expressão mais profunda das palavras do Mestre Jesus: Orai e Vigiai?

Quando, nos meus estudos aqui na Cidade Espiritual Servos de Jesus, essa frase foi posta em análise para mim, ela caiu, como se uma bomba tivesse explodido em minha mente. Após aquele dia, apliquei em tudo que vivo essa máxima divina: Orai e Vigiai.

Venho aos amigos encarnados pedir: orem e vigiem, porque, se todos ainda não perceberam, o plano físico virou uma arena de lutas para criaturas distanciadas da Luz.

Irmãos, vocês serão disputados e conquistados a peso de ouro pelos asseclas da "Besta", havendo até o absurdo de oferecerem recompensas e congratulações com medalhas, quando conseguem mais um adepto para suas Organizações, Confrarias e Igrejas.

Para que não haja roubo de alguns partidários, eles serão vigiados e identificados com o selo do proprietário.

O que de fato fez-me investigar a fundo esse selo, foi o grande número de tatuagens que se tornou "moda" na Terra. Irmãos, vê-las "do lado de cá" caminhando no corpo astral é assustador. Brilham e comunicam-se com seu mentor, os portadores das tatuagens.

Médium – Neste momento vejo tatuagens nos corpos astrais dos jovens encarnados: dragões, escorpiões, cobras, caveiras e outros seres assustadores andando como se tivessem vida.

Luiz Sérgio – Mas irmãos, como eles conseguem esses seguidores encarnados e como identifica-los em meio à multidão?

Talvez não saibam, mas a mente é um painel luminoso e torna-se visível, como um anúncio mostrando o que querem, como pensam, como agem, o que aceitam.

Portanto, entendam: vocês vivem um delicado momento em que, nada mais é sigiloso; estão expostos a vários olhares e depende de você de quem será seu acompanhamento nas lides espirituais.

Que sejam os Servos de Jesus ajudando-os durante o sono reparador.

Pensem no Mestre Jesus antes, durante e após o repouso, e ajam sempre como seu trabalhador mais dedicado, sentindo na alma as palavras vivas do amado Mestre: Orai e Vigiai.

Luiz Sérgio

GESH – 05/07/2013 – Vitória, ES – Brasil

Trabalhamos intensamente em nome de Jesus



Paz na Terra e bondade nos corações dos homens.

Irmãos, no plano em que nos encontramos, não há tempo para descanso. Trabalho incessante e febril nos ocupa, pois o advento da seleção dos vivos e dos mortos, direitistas e esquerdistas, joio e trigo, está acelerado.

Os planos inferiores devem ser esvaziados; e as pessoas que morrem tragicamente, coletivamente ou não, não mais retornarão para as zonas de expurgo de onde saíram.

Prontos Socorros são instalados na periferia das cidades no plano astral inferior, como os hospitais de campanha da Cruz Vermelha ou dos Militares. Os Prontos Socorros recebem aqueles irmãos em condições de socorro para posterior transferência para Colônias Espirituais de Resgate ou de Exílio.

Tudo é muito urgente por aqui.

Trabalhar em nome de Jesus é nosso lema de vida. Ele nos conclama ao trabalho de auxílio aos sofredores e de alerta aos ignorantes, sobre a necessidade de renovação e ajuste com as Leis de Deus.

Infelizmente, são tempos em que o esforço para aquele que deseja modificar-se está centuplicado, não encontrando a maioria dos irmãos, o sustentáculo moral em si mesmo, para aderir ao programa de regeneração; portanto, a grande maioria permanece nas faixas dos que serão exilados da Terra.

Trabalhamos intensamente em nome de Jesus e assim permaneceremos até o fim dos tempos.

Paz e amor.

Jesus nos abençoe.

Chico Xavier

GESH – 23/08/2013 – Vitória, ES – Brasil

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Não julgueis! Eu vos suplico.




Não julgueis! Eu vos suplico.

Filhos amados de Meu Pai

A Terra estertora-se em dores.

Bem sabeis que essas dores representam o fim de uma "era". O recomeço virá, entretanto, a lição deve ser aprendida, porque se, por amor, não conseguistes alcançar as lições que o Pai Amantíssimo vos legou, pela dor, devereis compreender que todos são irmãos em humanidade e que ao próximo não devemos impingir sofrimentos, pois a nós mesmos faremos sofrer.

No universo em que viveis, ainda sois espíritos atrasados na compreensão da vida cósmica e do sentido Maior da Vida; somente após a depuração pela dor, estareis aptos a compreender a magnitude da Vida e da Criação do Pai.

Enquanto a cegueira ainda determina a lentidão de vossos passos, trabalhai em Meu Nome, auxiliando aqueles que jazem caídos, pois eles são hoje como já fostes ontem; e a dor que agora experimentam é aquela que ontem semearam.

Ao trabalhar, recordai Minhas lições despertando o amor adormecido em vossas almas. Vereis lentamente, se processar a grande metamorfose do ser humano velho, em ser humano novo. No ser ignorante, obscurecido pelas más ações, no ser resplandecente de luz, transformado pelo Amor de Deus.

Trabalhai nessa hora de dores, assistindo os irmãos mais atrasados que vós; é por amor que vos pedimos, é com amor que deveis fazer, pois só o amor é o caminho para a redenção das almas. O amor é a Verdade Maior, capaz de modificar os destinos da humanidade.

Margarida – Mestre, eu posso fazer uma pergunta?

Mestre Jesus - Sim.

Margarida – Vários pensamentos, como recordações remotas de um período longínquo, remontam uma vida, em uma época em que me pareceu que vivemos próximos. Em algum momento, fomos vossos contemporâneos, querido Mestre? Talvez não déssemos, naquele momento, a devida importância aos vossos sublimes ensinamentos, mas poderíamos ter sido contemporâneos em vossa época na Terra. Estou certa?

Mestre Jesus - À medida que passa o tempo e que vosso espírito se desprende mais da matéria, é permitido, a vós, rever acontecimentos passados, traduzindo, na forma do pensamento da mente material, questões difíceis de explicar ou expressar com palavras, mas que representam a verdade dos acontecimentos.

Muitos de vós, aqui presentes, vivestes e outros que freqüentam esta Casa, bem como alguns que já partiram, viveram na época em que estive na Terra. E muitos, por mecanismos difíceis de explicar a vós, estiveram ligados a mim, e as palavras que proferi direcionavam-se aos seus corações.

Mas, infelizmente, naquele tempo, vossas almas ainda não eram capazes de aproveitar a totalidade dos ensinamentos transmitidos. Muitas modificações se processaram a partir do contato. Muitos rumos modificaram-se, porém, lentamente. Gostaríamos que muitos de vós já estivésseis mais avançados, mas compreendemos e aceitamos que a liberdade conferida pelo Pai Maior reserva a cada ser um tempo particular para o despertamento e o progresso.

Com alegria nos reunimos a vós, jubilosos pelo progresso já alcançado e esperançosos pelo progresso a ser realizado.

Margarida - Outra coisa que eu sempre me lembro, Mestre: Será que aquela encarnação que eu tive como "ermitão", descendo do morro uma ou duas vezes por semana, a fim de pregar para uma Comunidade veio após aquela em que o Mestre foi sacrificado. Será que o meu pensamento esta certo?

Mestre Jesus - A irmã, inúmeras vezes, isolou-se dos grupos a que pertencia, enveredando pelo estudo profundo, pela busca de "conhecimento".

Aquela foi uma das vossas existências, porém, não imediatamente seguinte ao nosso encontro na matéria. Mas foi o subseqüente a ele. A encarnação seguinte ao nosso encontro foi depurativa; experimentastes, de acordo com o planejamento no plano astral, "o inicio da depuração, a guinada pela dor", que vos conduziu a condição em que hoje vos encontrais.

Margarida – Obrigada, Mestre amado.

Mestre Jesus - Muito embora estejamos reunidos e Eu esteja presente neste Grupo, como em muitos outros, também me apresente nesta hora, muitos que ouvem nossas palavras, as orientações e os esclarecimentos, ainda duvidam, e é natural.

Compaixão com aqueles que ainda ignoram a Verdade, pois reunidos para o salto evolutivo, num tempo acelerado, muitos não conseguem ainda transformar em sentimentos sublimes os pensamentos que surgem e as palavras que são transmitidas.

Compaixão, pois nem todos conseguirão. Não desanimem os trabalhadores, pois a energia endereçada ao trabalho aplica-se a todos, pois mesmo não alcançando o ápice do planejamento para esta reencarnação chave, certamente ela impulsionará o avanço na próxima existência.

Que a paz do Senhor dos Mundos, Governador de nossas almas, esteja conosco.

Margarida - De joelhos, agradecemos a Bondade Divina que permitiu que o Irmão chegasse até nós, ainda tão pequeninas e atrasadas em nossa evolução espiritual, trazendo palavras de amor, de conforto e esperança no futuro.

Obrigada, meu Jesus, Mestre dos Mestres, Divino Amigo que nos ampara em nossos momentos de aflição.

Mestre Jesus - Piedade irmãos, por aqueles que vos cercam. Não julgueis. Somente ao Pai, Detentor de Todo Poder, de Toda Criação cabe conduzir nossas vidas.

Não julgueis, Eu vos suplico.

Paz e bondade em vossos corações.

Jesus


GESH – 06/04/2013

Não tarda a nascer a Nova Terra!




Irmãos, outrora vivemos na Terra em acerbas lutas libertadoras.

Alcançando nossa redenção espiritual, não olvidamos a imensa dívida com a Mãe generosa que, por milênios, nos acolheu.

A Terra, berço de esplêndidas florestas, pacientemente tolerou nossos espinhos e urzes, até que alcançássemos a transformação verdadeira.

Não a abandonamos, decidimos contribuir, por nossa vez, para sua transformação.

Trabalhamos em nome do Cristo no socorro, amparo e encaminhamento das almas carentes do Além. São nossos irmãos, e aos milhares vagueiam perdidos por entre as coletividades humanas, instigando-lhes os maus pendores; ou encontram-se estacionadas em zonas de sofrimentos como vítimas, ou algozes do próximo e de si mesmos.

Somos os humildes Servos de Jesus, buscando imita-l’O na prática do Bem.

Anunciada as tormentas que antecedem o "fim do Planeta de Expiação", encontram-se aceleradas as atividades nos planos espirituais, mormente as relacionadas ao socorro aos espíritos carentes.

Já imaginastes o destino daqueles que não mais poderão renascer na Terra? Para eles o exílio, o degredo, o afastamento incontinente e acelerado da Terra para Mundos distantes, compatíveis com seu atraso espiritual.

Irmãos amados, não julgueis fictícias tais notícias de "exílio planetário", pois onde estaria a Justiça e a Bondade Divina, caso assim não fosse?!

Para aonde iriam os pobres calcetas, atrasados, dementados, sucumbidos pelas más escolhas, na desgraça e na falência moral?

Desconheceis a Justiça de Deus, a Harmonia e o Equilíbrio das Suas Leis Imutáveis, porém, bondosas, que ofertam a eternidade para a criatura evoluir.

O Planeta no qual viveis é berço de oportunidades de progresso. Vós, que já despertastes, aproveitai para amar, perdoar, sofrer e evoluir, pois não tarda a nascer a Nova Terra. A Terra de Regeneração!

Paz em vossos corações.

Ticiano (Discípulo de Platão)


GESH – 17/05/2013

Dediquei minha vida a Deus


Vidência:
Fui levada a um lindo lugar, onde havia uma grande igreja, muito bonita. O teto era todo pintado em cores suaves e com cenários edificantes.

Ali, havia pessoas reunidas para uma palestra. Logo reconheci Irmão Francisco de Assis, cuja presença inundava o ambiente com uma energia suave e reconfortante.

Vi também outros padres e bispos e reconheci o atual Papa Francisco e a presença do clero era evidente; mas também vi D. Margarida e Dirigentes de outras religiões. Estavam reunidos, não pelas crenças que professavam, mas irmanados pelo mesmo sentimento de amor pela humanidade.

Palavras do irmão Francisco:

Amados irmãos!

Dediquei minha vida a Deus e, nas Pegadas do Mestre Jesus, construí meu caminho. Na simplicidade de Sua Vida, estabeleci os parâmetros para um viver feliz e próximo de Suas Leis.

Amando ao próximo e a Ele servindo, procurei compreender a Lição do Mestre, exemplificando suas palavras que estão ao alcance de todos. Cultivando no coração o amor e viver com simplicidade, compreenderão que é mais fácil servir a Deus do que pregam renomados "Doutores da Fé" em seus luxuosos templos, regados a lautos banquetes, enquanto arrastam-se na miséria e na fome os condenados pela Lei.

Enquanto existir vida material, há oportunidade de renovação.

Levai ao Mundo as "mensagens de esperança", dos nossos Irmãos Superiores e demonstrareis que mora na simplicidade, o segredo de servir ao Criador e reverenciar Seu Amado Filho.

Na simplicidade do calor, o Irmão Sol cultiva a vida na Terra.

Na simplicidade de seu frescor, a Irmã Água rega de bênçãos o leito dos rios.

Na simplicidade do Irmão Vento, sopra a renovação das forças telúricas.

Na simplicidade da Irmã Terra, brota a vida.

Somente os seres humanos, julgando-se superiores a tudo, esquecem-se da fraternidade e abandonam a simplicidade.

Retornai a ela, cientes de que somos irmãos do sol, das águas, do ar e da terra, cumprindo-nos o dever de, com eles, servirmos, para o bem da humanidade.

Jesus Amigo nos abençoe.

Irmão Francisco de Assis


GESH – 05/07/2013

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Não haverá trombetas e nem carruagem de fogo


Forças negativas que se aproximam da Terra varrerão os cenários do Planeta, como um vendaval, trazendo destruição, desolação e fome e deixando filhos e filhas órfãos. Nas ruas violência, insegurança. Almas rendidas ao mal, passarão a ser as autoridades.

No entanto, filhos de Deus, tenham fé e forças. O Pai é conosco, pois Ele vive dentro de nós.
Não haverá "trombetas" anunciando a descida dos Anjos, porque Deus não salvará seus filhos em um ato circense, numa única apresentação. Ele, irmãos, está conosco a cada nascer do sol, pela eternidade afora.

Jesus, o Excelso Rabino, não descerá em "carruagem de fogo", pois em Sua simplicidade, Ele entrou em Jerusalém montado num jumento. Não precisa de ouro ou fogo para anunciar Sua Presença entre nós, porque Ele nunca nos deixou.

Aqueles que se dizem homens de bem, não O sentem em seus corações; mas, Ele está entre nós.

É chegada a hora de sorver o cálice amargo do passado; mas, isso, não é ira divina, pois o Criador não possui sentimento humano e destruidor a sombrear Sua Luz.

É apenas o retorno de eras passadas de maldade e iniquidade aos seus próprios donos.

Coragem, homens convictos do Amor do Cristo. Como os antigos cristãos, este momento é o testemunho da fé, de que nada nesta vida é em vão, porque progredir é uma necessidade da alma.

Que a Luz Divina recaia sobre nós.

Santo Agostinho

GESH – 30/08/2013 – Vitória, ES – Brasil

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

É hora da libertação



Irmãos da Terra, nós precisamos dar as mãos, e orar a Deus, para que tenha compaixão dessa humanidade.

O momento da colheita chega para todos, e como uma fera, as "formas pensamentos", alimentadas pelas coletividades avançam famintas, sobre as criaturas. Querem perpetuar sua existência.

Somam sua força às forças negativas, que passam a comandá-las. Terror e pânico inspiram nas coletividades humanas, que perdidas, desligadas da Espiritualidade Superior, tornam-se alvos frágeis nas mãos das "feras".

Meus irmãos, voltai vossos olhares para Deus! Suplicai que retire de vossas vistas o tapa olhos, que impede de compreender a visão espiritual.

A humanidade precisa alimentar o espírito com valores morais mais elevados. Detendo a marcha na direção dos Abismos, elevando-vos em preces sinceras ao Criador.

Nesta hora de dores e ranger de dentes, somente unidas em preces, as coletividades poderão auxiliar, minimizando o impacto dos ataques.

Tendes compaixão uns dos outros, somos todos irmãos. Esclarecei ao Mundo que Deus é Todo Bondade, Amor e não castiga Seus filhos. O castigo é fruto da consequência de vossos atos.

Pensais por acaso, que aquilo que fazeis contra vossos irmãos, as iniquidades, as dores impingidas ao próximo, ficam sem retorno, sem reação?

Acaso pensais que na calada da noite os crimes permanecem desconhecidos?

Estais equivocados irmãos! Estais errados no vosso julgamento; não há véu que cubra o mal que vossas mãos praticam.

Deus tudo sabe e a tudo vê. Suas Leis foram criadas para governar todos os Seus filhos amados. Não há dentre vós, aquele que seja o predileto do Pai. Suas Leis governam a todos; e se feristes alguém, um dia sereis feridos.

Detenhais vossa marcha em direção ao Abismo, ferindo o próximo, dilapidando a vida, destruindo a criação. Refreai vossos instintos, pois que já fostes chamados ao Progresso. Como homens e mulheres vos colocastes de pé sobre a Terra.

Não sois mais os animais de ontem, pois a Centelha Divina que vos anima, progrediu, fazendo luz sobre vossa condição animal, elevando-vos à condição de seres humanos; e à vossa frente, a Centelha Angelical já fulgura desejando brilhar.

Libertai-vos das amarras materiais irmãos, pelo desapego das sensações densas, das emoções fortes que vos prendem no passado de erros.

É hora da libertação. Se em vós não tocar o Amor de Deus, então pela dor, reflexo de Sua Lei, sereis tocados para a mudança. Mesmo diante daquilo que está por vir, colhendo a amargura dos frutos de vossos erros, bendizei ao Criador.

Jamais permitir que a revolta domine vosso coração e mente. Bendizei, porque a dor cura e renova.

Irmãos, uni vossas mãos em prece e aceitai o carma coletivo que se abate sobre vós. Erguei o pensamento a Deus e suplicai o perdão das ofensas e mudai.

Esta é a mensagem que a dor e o sofrimento trazem; compreender e aplicar em vossas existências para terdes proveito.

Que a Paz de Jesus seja conosco.

Madre Tereza de Calcutá

GESH – 24/08/2013 – Vitória, ES – Brasil

sábado, 19 de outubro de 2013

A vida na matéria é fugaz...


Irmãos, perene é a alma; eterna e imortal como as Leis de Deus.

Os corpos físicos desfazem-se rapidamente, como os raios que cruzam o Espaço em direções diversas.

Benditas sejam as oportunidades em que, mergulhados num corpo físico, o espírito esquece-se dos seus erros, dos crimes praticados contra o próximo, e sua mente acalma-se no refrigério das lutas cotidianas à luz do Sol.

Porém irmãos, a vida na matéria é alívio fugaz para as almas em trânsito ascensional, que enredadas nas malhas cármicas, não aproveitam devidamente a dádiva da reencarnação.

Os inimigos ao encontrarem-se sob o espesso véu do esquecimento do plano físico, instintivamente se repelem e trucidam-se. Vítimas e algozes mergulhados na matéria em busca do equilíbrio e da fraternidade agridem-se novamente, alimentando o ciclo de ódio e vingança.

Comum a todos os seres, existem as Leis Maiores que os retira das zonas de expurgo e dor, enviando-os para novas experiências em busca da harmonia com as Leis Diretoras da Vida.

Os crimes cometidos na matéria dão vazão aos instintos primários, represados na criatura rebelde, estimulado por espíritos que vagueiam no plano astral em sintonia com as almas encarnadas.

Um pensamento de revolta e ódio faz a ponte entre os encarnados com os desafetos desencarnados, ativando uma rede de intrigas e vinganças, urdidas nas sombras da rebeldia.

Os crimes de hoje são a repetência dos crimes de ontem, acobertados pelas injustiças humanas.

Cada criatura que colhe os espinheiros da dor superlativa, lava a alma culpada na prática dos delitos, muitas vezes desconhecidos dos homens, mas muito vivos nas consciências de quem o praticou.

É tempo de amarga colheita desta humanidade, e aquele que deseja alcançar os fulgurantes horizontes da Terra Renovada, aceitará a dor como remédio que cura as chagas da alma culpada.

Porém, a maioria dos seres humanos sintonizam-se com as feras dos planos inferiores, buscando vingança, alimentando ódios, perpetuando crimes.

Abastecei vossas almas na Fonte Inesgotável da Luz Divina, no Amor do Divino Médico, Jesus, para que possais enfrentar a loucura do "Final dos Tempos".

Não vos julgueis vítimas ou algozes, elevai vossos pensamentos ao Pai Amantíssimo, suplicando pela paz, harmonia e amor em todos os corações.

Do plano onde nos encontramos, trabalhamos intensamente pelos irmãos da Terra, socorrendo e amparando em nome de Deus, os sofredores e os ignorantes de Suas Leis Eternas.

Jesus nos abençoe.

Emmanuel
GESH – 09/08/2013 – Vitória, ES – Brasil

Nota – Leiam as obras de Emmanuel, psicografadas pelo querido irmão Chico Xavier. São maravilhosas. Lançadas pela FEB.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Permanecem tropeçando nas pedras – Parte II


Vidência – Vejo uma estrada que mais parece uma ponte, situada entre dois planos no astral. É como uma estrada estreita, muito iluminada, mas em volta dela nada vejo. Me vem a intuição de que lá na frente ela chega num lugar maravilhoso, talvez a entrada da nossa Cidade Espiritual Servos de Jesus, lugar de elevação. Ou talvez outro lugar de vibração semelhante.

Vindo desse lugar, escuto as preces de muitos espíritos; posso sentir a força das palavras que chegam, transportadas pelo espaço. Sinto a presença da Luz em sua manifestação amorosa incessante, vibrando em favor de nossa humanidade.

As mesmas vibrações parecem fazer parte da estrada que vi no início e deduzo que ela foi criada e é sustentada por eles.

Na estrada há pedras, rochas, troncos e pessoas. Vejo que algumas caminham desviando, contornando os obstáculos e me vem a mente o movimento das águas de um rio que corre contornando objetos interpostos no seu curso natural. Outras, vejo caídas.

Muitas param chorando e se lamentando com os obstáculos encontrados. Junto a esses, Trabalhadores da Luz se manifestam, mas a maioria não os vê.

Estes procuram erguer os caídos, tratar os feridos, mas são completamente ignorados como se fossem invisíveis. Poucos são os que conseguem perceber-lhes a presença e aceitar sua ajuda.

Atrás dos caminhantes percebo a presença de outro lugar e é a Terra, nossa morada. Vejo as cidades, o corre corre, as lutas diárias, as guerras, vejo famílias que se desfazem no tempo, conflitos envolvendo a natureza e avareza humana.

No astral da Terra, junto a superfície vejo muitos animais (a maioria lobos), eles espreitam os humanos para atacar. Escuto novamente os pensamentos de Rampa.

O lugar que vistes, é a Nova Terra, que estais livres para escolher como moradia. Trata-se da projeção dimensional da Terra Renovada que existirá como Mundo de Regeneração e onde Espíritos Superiores e amigos vibram nas preces em favor de sua construção e de vosso progresso, para que possais merecê-la.

A estrada de fato existe, como caminho de luz destinado aos habitantes da 3ª dimensão. Seu acesso é libre e pode ser obtido por todos, bastando para isso alcançarem a frequência do padrão vibratório em que está, para que a enxergueis, e por ela vossas consciências determinadas ao progresso, possa trilhar.

É mantida pelos espíritos amigos e dedicados ao labor de fazer progredir a humanidade terrena. No extremo oposto, encontra-se vosso mundo, que se revela tal qual é, lugar onde, ainda dominados por seus instintos animais, transitam perdidos os anjos escondidos de Deus.

Lobos esfomeados espreitam a oferta de energias, prontos para atacar os descuidados, usufruem do tempo de ignorância em que se demoram os seres humanos.

Buscai a Deus!

Não espereis que se faça, sem o esforço da própria vontade, o progresso de vossas almas.
Onipotente, Ele mantem sob condições controladas, o equilíbrio das forças antagônicas presentes neste planeta, no momento.

É a chance que vos é ofertada para a escolha entre permanecerdes humanos guiados pelos condicionamentos animais, situação em que voluntariamente se demoram, ou avançardes à condição de angélicas criaturas por que libertos dos atavismos inferiores e primitivos da matéria densa.

A paz esteja entre nós.

Rampa

GESH – 08/10/2011 – Vitória, ES – Brasil

Permanecem tropeçando nas pedras – Parte I


Irmãos,

Bem aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus.

Descrentes, os seres humanos transitam entre idas e vindas reencarnatórias. Dedicam-se, em cada descida ao plano físico, ao desenvolvimento dos valores morais, na medida em que lhes permitem as mentes embaçadas pela influência da matéria.

Entre tentativas ininterruptas, a Misericórdia Divina faculta experiências, cuja finalidade está entre as de mais elevado propósito no campo da existência humana: fazer progredir os seres.
Entretanto, distanciados da Fonte da Vida, os beneficiários da compaixão, desperdiçam as cordas lançadas em seu auxílio e persistem nos erros.

Permanecem tropeçando nas pedras, ferindo os pés, caindo de joelhos, estacionando nas estações do sofrimento educativo.

Se com a dor, voltassem os pensamentos na direção da Presença Excelsa do Criador, muitas delas seriam superadas pelo poder transformador de Sua Energia Criadora.

Mas, com as mentes ainda habitando os estágios iniciais do desenvolvimento, na conjugação do espírito habitando o corpo físico que resulta na condição humana, os encarnados inebriam-se ao vislumbrar a inteligência que se manifesta.

A capacidade cerebral, ativada pela energia vital do espírito reencarnante, dá ao ser humano as primeiras possibilidades de alçar voo nas Esferas Superiores da Espiritualidade, trazendo ao nível da consciência, os conhecimentos desenvolvidos há milênios pela humanidade.

De livre acesso, tais informações encontram-se disponíveis como acervo invisível, alimentado por espíritos de escol, responsáveis pela oferta das condições favoráveis ao progresso de cada humanidade.

Ainda que desprovidos do manejo preciso e certeiro da ferramenta cerebral, até mesmo com as criaturas simiescas, por sua contextura evolutiva, igualmente beneficiam-se com a oferta dos conhecimentos destinados ao progresso humano.

Quanto mais dominados pelas descargas hormonais, liberadas sob comando dos mecanismos instintivos de seus corpos físicos, menos liberados sois para alcançar, em frequências vibracionais Superiores, os códigos de conduta e conhecimentos situados acima da condição de primitivismo em que vos demorais.

O progresso não é estrada segura, de trajeto simples e fácil. Suas leis são ditadas por experientes obreiros que determinam a segurança e o menor gasto de energia no cumprimento de sua trajetória.

Assim foram traçados os roteiros sublimes da ascese angélica, etapa seguinte à condição humana.

Sois anjos em formação, cujo motor propulsor da angelitude em construção é vossa consciência, mobilizadora das forças da vontade e responsável por fechar as comportas hormonais determinantes dos atavismos comportamentais primitivos, onde se demoram as criaturas.

Na medida em que ascende a alma, descerra-se o véu consciencial e o candidato se vê fortalecido, na luta pela libertação das amarras inferiores.

Quanto mais entregues ao mundo das sensações, mais enovelados às descargas hormonais alimentadoras da condição de inferioridade em que se demora a humanidade.

Buscar a Deus deve então, ser o motivo que vos coloca a caminhar pela estrada do conhecimento e da fé, alinhando-os à conduta moral que deve traduzir a força e a vontade do candidato a anjo de Seu Reino.

Eliminar da vida os fatores mundanos é materializar na encarnação premiada o despertar, a vontade sincera de fazer-se progredir e avançar um degrau na escala evolutiva.

Não caminhais para encontrar a Deus, posto que Onipresente, Ele em vós se encontra.

Caminhais antes errantes, hoje aprendizes e amanhã, aspirantes à iluminação de vossas almas, de modo a poderem ver decodificar Sua Presença entre vós, com os olhos da mente desperta.

A todos os homens é dada a oportunidade do encontro sublime, entretanto, nem todos o desejam, ainda não devendo responsabilizar-se o iluminado pelos que vivem na escuridão.

Este deve viver aspergindo sua luz na exaltação da Bondade Divina, certo de que as fagulhas do Amor que d’Ele emanam são as únicas forças capazes de tocar as mentes adormecidas e as consciências mergulhadas na escuridão.

Irmãos amados, vós que cansados do mundo transitório, já compreendestes a multiplicidade de mundos felizes a vos aguardar, lançai mão dos esforços necessários e marchais céleres em direção a eles, libertando-vos, definitivamente, de toda e qualquer amarra a que vos entregastes como prisioneiros da inferioridade.

Aguardamos por vós, trabalhamos por vossa iluminação. Elevemos ao Pai nossas preces em favor de vosso progresso.

Paz e bondade.

Rampa

GESH – 08/10/2011 – Vitória, ES – Brasil