Alegria sempre em nossos corações . . . Muita Paz Saúde Luz e Amor .... Alegria sempre em nossos corações  Muita Paz Saúde Luz e Amor

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Orai e vigiai. É o que recomendamos.



Irmãos, a paz dos Mestres!

A Terra atravessa graves momentos. Convocamos os que já possuem a mente espiritual desperta para que atentem às mensagens que chegam. Àqueles que creem sem ver, que não baixem a guarda em tempos de guerra, pois notamos que, por vezes, a invigilância e a imprudência assumem o controle, fazendo-vos tomar decisões e praticar ações que não se justificam diante das informações que já possuís.

Podemos afirmar que a paz planetária ainda não fará parte do dia a dia na Terra, enquanto viverdes os "Tempos Chegados". Mas podereis, sim, encontrar, em locais como o GESJ (Grupo Espírita Servos de Jesus), um oásis de paz e harmonia para refazerdes as forças para o enfrentamento que a vida vos chama, seja como testemunho da vossa fé, seja para o cumprimento do vosso carma em andamento.

Alertamos, não para que o pânico e o medo congelem vossas emoções e anulem o impulso evolutivo dos filhos do progresso. Trazemos-vos os alertas porque os que sobem dos Abismos - entre eles os vossos mais ferozes desafetos - não virão com flores nas mãos e o perdão em suas intenções. Eles subirão para aplicar a justiça que se acham no direito de impor, com a gana de sentirem, por mais alguns instantes, as sensações físicas que seus corpos não saciam mais, como: fome, sede, sexo e poder.

Então, nada mais justo que estejais de sobreaviso quanto aos que vos rodeiam, pois os que avançam para a superfície, vindos da escuridão, procurarão aqueles com quem se afinem em pensamentos, ideais e energia. Deveis entender que aquilo que pensais, desejais, intentais, falais e a forma como agis em vossas vidas, mostram-se no astral como um grande letreiro luminoso para aqueles com os quais fordes compatíveis, em afinidades e comportamentos.

Irmãos, não entregueis o vosso futuro, pleno de venturas, nas mãos do cobrador que ainda não compreendeu que o ódio pode se transformar em amor, que a vingança pode ser anulada, se o perdão - sem o orgulho - for oferecido de boa vontade.

Sabemos que ainda não alcançastes os patamares da boa aventurança, mas podemos afirmar, com certeza, tanto ao infeliz que ao vosso lado caminha, como a vós mesmos, que ela não será negada, nem será de impossível alcance, bastando somente que deis os passos em nossa direção, para vos libertardes dos grilhões que vos prendem ao passado.

Repetimos incessantemente para que não esqueçais; a humanidade não vive, ainda, a paz almejada pelos Mestres para seus pupilos.

Portanto, orai e vigiai.

É o que recomendamos.
 
João Batista

GESJ – 30/06/2015 – Reunião Pública – Vitória, ES – Brasil