Alegria sempre em nossos corações . . . Muita Paz Saúde Luz e Amor .... Alegria sempre em nossos corações  Muita Paz Saúde Luz e Amor

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Instruções aos Doutrinadores




VidênciaVi Hercílio Maes ministrando um curso para os Doutrinadores. Ele, segundo informou, não estava ali como coordenador dos trabalhos do Abrigo Servos de Jesus, mas como ex-dirigente de centro espírita, explicando sobre doutrina, incorporação e modelos de diálogos e comportamentos ideais de um Trabalhador da Luz.
Após a vidência, ele nos endereçou algumas palavras sobre o assunto.
  
Irmãs, saudemos a Luz!

O diálogo entre um ser sofredor e um doutrinador não deve estar restrito à frieza da técnica ou apenas a conhecimentos dos vários aspectos do mundo espiritual. É imprescindível que o doutrinador se envolva de muito amor, compreensão e fraternidade, colocando-se no lugar do irmão sofredor, tendo em mente a possibilidade de ter passado por semelhante situação, um dia.

Não vos preocupeis se a fala é correta, se a aplicação da leitura da obra espírita e sua compreensão chegaram ao entendimento da criatura; mas, por um momento, colocai-vos no lugar do ser que agoniza e que, por muitas vezes, passa anos, décadas ou séculos no isolamento criado por sua mente, afastando-o dos espíritos amigos. Cada um que chega vem carregando dores, mágoas, ódios e chagas espirituais que não serão resolvidos com uma rápida conversa, que também não suprirá sua ignorância sobre o mundo do qual agora faz parte; no entanto, saber que um desconhecido é capaz de lhe estender as mãos e ofertar-lhe a paz que busca, naquele momento valerá mais do que um belo discurso de perfeito vernáculo, sem consistência, sem amor, sem afeto. Muitas das informações passadas fogem à compreensão do ser ignorante de tudo o que é espiritual. Para ele, o conforto vem de saber que ninguém o julgará, que não será escorraçado, que a situação de pavor e perseguição não mais o alcançará.

Portanto, o importante é o amor que doam, não a técnica apurada do diálogo que possuem. Por vezes, doutrinador, estais ouvindo sua própria história, estampada na vida daquela criatura. Por vezes, sois vós mesmos quem estais sendo doutrinados.

Pouco acrescenta saber que o médium vê o que vós não vedes no mundo espiritual, sendo mais válida a afinidade e a ligação mental estabelecida com os Instrutores dos trabalhos que capacitam os doutrinadores a sentirem ou intuírem no proceder e manter um diálogo fraterno e equilibrado, trazendo paz e confiança nas diretrizes do trabalho da Casa.
 
Hercílio Maes
GESH – 17/09/2016 – Vigília Abrigo Servos de Jesus – Vila Velha, ES – Brasil